ERRATA DIVINA


IMG_1111


Um “erramos” assim jamais tinha visto na imprensa. Já faz 31 anos – e, desde então, nunca vi nada parecido. Só poderia acontecer em Jerusalém. É a única cidade do mundo que se vangloria de que a ligação telefônica com D-us é local. Por tabela dá para imaginar, também, que Ele seja leitor assíduo do jornal  The Jerusalem Post, onde a errata foi publicada.

O “erro” está na fotografia da página mais abaixo. Vê-se uma Torá – o ensinamento judaico do Pentateuco, ou da Bíblia hebraica. Uma lente sobre os caracteres em hebraico revelará as quatro letras do Nome Inefável de D-us, em violação aos mandamentos negativos. E não só uma vez. O revisor, com certeza, não leu o que estava escrito na foto, e talvez nem a tenha visto, só o texto sobre Shavuot ( Semanas, em hebraico – ou Pentecostes).612px-YHWH.svg

Não tomarás em vão o nome de YHWH (Yahweh)O tetragrama, essa combinação de quatro letras, é a forma mais comum de escrever o nome de D-us num objeto comum, sem profaná-lo. Outros nomes de D-us seguem o mesmo princípio: Ad-nai e El-him.

A errata pede a participação do leitor. IMG_1114Ou ele recorta a foto e a preserva como se sagrada fosse, ou a entrega em alguma instituição judaica para ser enterrada.

 

2 comentários sobre “ERRATA DIVINA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s